domingo, 20 de março de 2011

ESTATUETA "VITÓRIA" - visão com as mãos - por DEBORAH PRATES

















ESTATUETA "VITÓRIA" (duas fotos acima) - visão com as mãos - por DEBORAH PRATES (DV)

Numa base em mármore na cor preta, com o diâmetro equivalente a um pires (xícara de cafezinho), com o fundo forrado em veludo também preto, modulada em cerâmica e pintada na cor dourada, ergue-se a estatueta "VITÓRIA", esculpida pelo ceramista WALDIR LOPES (dv). Nessa base há uma placa em metal dourada gravada com o nome da mulher premiada, em forma côncava, ocupando um terço dessa circunferência, servindo a sua metade como marco do olhar frontal para a sua descrição.

O peso global é de 1,2 quilogramas, com altura de 31,5 centímetros.
Unindo-se os dois polegares e os dois indicadores com a estatueta no centro - deslizando com as mãos para cima - percebe-se o início da cerâmica arredondada terminando (nos dedos indicadores) ligeiramente em forma triangular. Na frente estão esculpidas em alto relevo as letras W e L em maiúsculo. Caminhando-se com os indicadores estão as pernas quase até a altura dos joelhos com marcas feitas com o aperto das pontas dos dedos. Daí, em arte lisa/plana, vão estreitando até as nádegas.
Na mesma harmonia percebe-se com os indicadores a cintura marcada e com os polegares o abdome chapado até os pequenos seios, quando, mais um
pouco, encontram-se os ombros arrematados, melhor descrevendo, sem os braços.
Juntando-se polegares e indicadores nota-se ombros largos e pescoço longo e estreito. A cabeça lembra um disco voador visto na posição vertical, tendo o seu ápice achatado. Logo, sem expressões e cabelos
delineados. Peça artística agradável ao toque.

4 comentários:

Poeta Renato Douglas disse...

Olá adorei teu blog, lindo mesmo. Parabéns. Fique a vontade para fazer uma visitinha ao nosso “Alto-falante” e seja mais um membro. Você é nosso convidado especial. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/.
Um grande abraço!

Renato Douglas!

Rosa da Rosa disse...

Olá poeta! Agradeço suas palavras. Convite aceito. Abraço, Rosa.

Lu E Cris disse...

Como aprendo com Débora, com Rosa, com Paulo!! Imensurável o valor que essa troca agrega a minha vida. Especial demais! Débora, que belíssimo trabalho de sensibilidade e amor. Um beijo nas duas!

Rosa da Rosa disse...

Queridas Lu e Cris, suas palavras nos alegram. Enviarei para Deborah e para o Paulo este comentário, apareçam sempre! Beijos nas duas!