domingo, 12 de junho de 2011

Poema "Eu Quero Um Cérebro Verde"

EU QUERO UM CÉREBRO VERDE

Eu quero um cérebro verde
que me faça pensar na flor
no passarinho que canta
no louva-deus rezador
na dor de não ter o ar
no óleo que encheu o mar.

Eu quero um cérebro verde
que meu pensamento ative
antes que eu mate o riacho
que minha sede matou.

Eu quero um cérebro verde
e minha continuidade
eu quero sustentabilidade
de ser humano e humano ser.


Simples inspiração verde. Leia também no Blog Duas Moda e Arte.

3 comentários:

Artes e escritas disse...

O bicho grilo mora em meus pensamentos e ganhou o dia com o seu poema. Um abraço, Yayá.

Lu E Cris disse...

Rosa, eu amo profundamente poesia... Acredito ser a forma mais delicada de você abordar qualquer tema... Ficou linda! Que venham muitas outras para chamar a reflexão e ao conhecimento. Já divulguei em todas as minhas redes sociais. Um beijo grandãoe carioca de boa semana.

Rosa da Rosa disse...

Agradeço Yayá, Lu e Cris! Suas palavras me enchem de poesia, e vou transbordando em poemas... Abraços e beijo grandão recebido, também pra vocês ofertado.Abraços, beijos. Rosa.