sábado, 4 de junho de 2011

Poema Vida Longa ao Pequeno Infante

VIDA LONGA AO PEQUENO INFANTE

Dindinha,
me dá teu colinho
e me mima,
só com sorriso
e suco de lima.

Para leitores que preservam um pequeno infante dentro de si.
Essa Lima é a laranja, aquela com pouca acidez.

3 comentários:

Artes e escritas disse...

Uma graça de poema. Abraço, Yayá.

Eliziane disse...

Adorei essas palavras lindas! Parabéns!
Eliziane
www.genuinoblogdaeli.blogspot.com

Rosa da Rosa disse...

Yayá e Eli, suas palavras em estado de graça também são lindas. Agradeço! Abraços, Rosa.