segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

MENININHA "POEMA" E "FOTOGRAFIA"

MENININHA


Menininha Menininha!
O que foi você fez?
Quem mandou deixar carinho?
Por que fugir outra vez?
Ainda bem que a resgatei


Menininha Menininha!
O que foi você fez?
Esse mocinho pequenino
que late e late no portão
será por certo o rapazinho
o dono do seu coração?


Menininha Menininha!
O que foi você fez?
Não precisa ser tão feroz com a nossa vizinhança
já estamos enfeitiçados
agora não tem mais volta
já fizemos uma aliança.

Agradeço à Vanessa "Mãe" desta cadelinha chamada carinhosamente de Menininha, que me presenteou com essa hóspede peralta e carinhosa, por deliciosos vinte dias e que agora faz parte do meu entendimento sobre o mundo canino, sobre esses bichinhos adoráveis, que só querem cafuné, uma comidinha na hora certa, passeio, muito passeio e respeito!

Num dia em que Menininha dormia, coloquei a luminária perto dela e não resisti, com a câmera fotográfica no piso, bem pertinho dela, fotografei.



Fotografia colorida. No piso de cerâmica amarelada, da esquerda para a direita, é vista parte de uma luminária cilíndrica dourada acessa, ao lado dorme uma cadelinha de pelos da cor de mel.  A cadelinha está de olhos bem fechados, tem focinho preto e curto, a pata direita está estirada e encostada na luminária.

2 comentários:

Lauriem Getelina disse...

Que fofa essa menininha! E esse poema ounnn mais fofo ainda!

Vanessa Castro Alvarenga disse...

ADOREI ROSA! MARAVILHOSO. MENININHA ESTÁ ANSIOSA PARA PASSAR UNS DIAS COM VOCÊS NOVAMENTE. SENTE FALTA DAS MORDOMIAS QUE CASA DE MÃE NÃO TEM. RISOS. BJS ROSA. QUE BOM QUE NOS CONHECEMOS. MUITOS BJS.